ouvidoria@araxa.mg.gov.br (34) 3662-1802

Apresentações da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais reúnem mais de 3.000 pessoas no Teatro Municipal

Apreciadores de uma boa música e crianças de escolas da cidade tiveram a oportunidade de acompanhar de perto os repertórios da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais em Araxá, nos dias 5 e 6 de agosto. Foram mais de 3.000 pessoas presentes no palco de arena do Teatro Municipal Maximiliano Rocha.

Em turnê estadual, com uma seleção musical que visa comemorar os 200 anos de Independência do Brasil, a orquestra trouxe aos espectadores canções exclusivamente nacionais, que foram desde o Hino Nacional, passando pela Congada, até a famosa composição ‘O Guarani’, de Antônio Carlos Gomes.

A cada música tocada, a plateia se surpreendia e aplaudia fervorosamente a apresentação. Mesmo após a conclusão das músicas previamente estabelecidas, houve pedidos de “mais uma”. Para atender o público, a orquestra ainda apresentou dois repertórios extras, que não estavam no script: “Aquarela do Brasil” e “Tico-Tico no Fubá”.

Para a presidente da Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB), Cynthia Verçosa, a presença de público durante as apresentações superou as expectativas e provou o quanto as pessoas estão interessadas em apreciar diferentes estilos musicais.

“É surpreendente ver como as pessoas gostam da música instrumental. Tivemos no palco externo do Teatro Municipal um público seleto, mas envolvendo crianças, famílias e idosos. O resultado é positivo em todos os aspectos, tanto no de fomentar a cultura quanto de as pessoas receberem a Filarmônica desta maneira na cidade”, ressaltou.

Concerto didático

Durante a tarde de sexta-feira (5), foi promovido um concerto didático a alunos das escolas de Araxá. Cerca de 1.500 estudantes estiveram presentes. De acordo com a secretária municipal de Educação, Zulma Moreira, o trabalho para que as crianças compreendessem o estilo orquestral começou antes mesmo delas se dirigirem ao Teatro Municipal.

“Essa foi uma oportunidade para que as crianças conheçam uma orquestra Filarmônica. Por isso, antes de tudo, por meio de um pequeno portfólio, apresentamos a elas tudo o que iria acontecer durante o espetáculo. Então, todos já foram preparados”, diz.

“Foi muito legal assistir porque é um som diferente, que a gente não ouve todo dia. A última música [o Guarani] foi a mais legal. Nunca tinha visto uma apresentação como esta. Eu fiquei surpreso”, conta o aluno do 3° ano da Escola Municipal Dona Gabriela, Ronaldo José Pereira de Faria, de 8 anos.

Intercâmbio musical

Ainda durante a manhã do último sábado (6), o flautista da Orquestra Filarmônica, Alexandre Braga, promoveu no auditório do Teatro Municipal um bate-papo sobre a história da música sinfônica, com os professores da Escola Municipal de Música Maestro Elias Porfírio de Azevedo.

“Com este intercâmbio, estamos trazendo a música sinfônica que desenvolvemos no dia a dia, e buscamos promover essa troca de experiências com as pessoas que lidam com a formação de novos músicos em Minas Gerais”, explicou o maestro regente da Orquestra Filarmônica, José Soares.

A Filarmônica em Araxá foi apresentada pelo Ministério do Turismo e CBMM, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e contou com o apoio da Prefeitura de Araxá e da Fundação Cultural Calmon Barreto. A realização foi do Instituto Cultural Filarmônica.