11-05-2017 15:27

Empregabilidade registra crescimento em Araxá

A geração de empregos na cidade teve uma variação positiva no primeiro trimestre de 2017. De acordo com os números apresentados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, e pelo Sistema Nacional de Emprego (Sine), Unidade Araxá, a cidade trilha o caminho contrário da crise financeira que assola o país porque oportuniza a entrada ou a reinserção de trabalhadores no mercado de trabalho.

Segundo o balanço disponibilizado pelo Caged, em Araxá foram 3.566 admissões registradas de janeiro a março deste ano, contra 3.365 desligamentos realizados no mesmo período. No país, o número de desempregados cresceu. De acordo com dados do Caged, o país perdeu 64.378 no primeiro trimestre do ano. O saldo só não foi pior porque, em fevereiro, foram criadas 35.612 vagas formais, interrompendo uma sequência de 22 meses de resultado negativo.

A coordenadora do Sine, Carina Araújo Rodrigues, relata que, nos quatro primeiros meses de 2017, o número de pessoas ingressantes ao mercado de trabalho teve um aumento de 50%, se comparado com o mesmo período de 2016. “Este ano, fechamos os primeiros meses de 2017 com 114 pessoas ingressadas novamente ao mercado de trabalho em diversos segmentos, como: mineração, varejo e agronegócio. A palavra chave dessa questão é qualificação. Fizemos um trabalho visitando empresas, para apresentar e falar sobre o Sine e, através dessas visitas, capitalizamos vagas para serem disponibilizadas aqui na agência”, salienta a coordenadora.

O prefeito Aracely de Paula destaca que os números do Caged e do Sine retratam o trabalho sério que é desenvolvido no município. “Isso é apenas um reflexo que a crise financeira que acontece no país está sendo superada. Outros índices demonstram isso, ou seja, quando você toma medidas sérias em qualquer setor de governo, a classe empresarial e trabalhadora responde positivamente e o desenvolvimento volta a acontecer”, avalia o prefeito.

Aracely de Paula ressalta que o projeto de criação de novas empresas para o Distrito Industrial será uma mola propulsora para a geração de empregos. “O projeto já foi aprovado pelo Ministério Público e por todas as entidades empresariais. Estamos desenvolvendo um trabalho sério, dentro da nossa realidade, para que novas empresas possam se instalar no nosso Distrito Industrial. Não tenham dúvidas de que o nosso processo de crescimento e desenvolvimento vai gerar novos empregos e trazer novas empresas; a nossa economia continuará crescendo”, garante o prefeito.

Galeria de imagens - 1 até 3 de 3


Contribuinte
Nota Fiscal
Portal da Transparência
Parceria com o Terceiro Setor
Rotas
Webmail
PPA-LDO-LOA
Turista
Licitações
Ouvidoria
Diário Oficial
Contra Cheque
Junta Militar
Banco de Dados
Concursos
Processo seletivo educação
IPTU
Editais